Até mais ver: As pessoas podem desejar qualquer coisa. Seja felicidade, seja infelicidade

sexta-feira, janeiro 15, 2010

As pessoas podem desejar qualquer coisa. Seja felicidade, seja infelicidade

E chega de enrolação. Já fazem mais de duas semanas, logo já esta na hora de voltar as atividades aqui do blog...



Atualmente estou tentando redigir este post enquanto assisto Ao fabuloso destino de Amélie Poulain (escrevi certo?), leio o novo capítulo de Katekyo Hitman Reborn (estava lendo Hunter X Hunter e ainda vou ler One Piece) e coço a cabeça (1 - é já devia ter tomado banho a essa hora e 2 - eu ia escrever 'pensando sobre a vida' mas soou arrogante demais).

Conjecturações a parte, acabei de ver um filme e resolvi que devia fazer um post a respeito. O filme em questão é Sim Senhor! (Yes Man!, Estados Unidos, 2008), e estava salvo aqui porque dia desses (eu acho que foi essa semana mesmo) fiquei com vontade de ver algo de Jim Carrey.

"Carl Allen é um cara com uma visão super negativa da própria vida, apático e antisocial, que em um dia entediado da sua vida resolve aderir a um conselho: Dizer sim. Sempre! Para tudo e para qualquer coisa."

O filme é fantástico, embora eu seja suspeito pra dizer, não sei vocês mas eu me identifiquei pra caramba com o filme. E de certa forma é assustador quando você se torna um expectador da própria vida. Ainda mais quando se é brindado com duas opções de futuro...

A atuação de Carrey é bem normal nesse filme. É só um sentimento, mas é que eu tenho boas lembranças de filmes como Débi e Lóide e O Máskara. E o ponto no qual a crítica se baseia para uma nota mediana para este filme é o tom repetitivo que este apresenta. De uns filmes pra cá Jim Carrey é alguém com uma vida normal que muda radicalmente ao ser apresentado a soluções pouco convencionais para a sua rotina.

Pra um filme pouco ambicioso, apercebido da maioria do público, vale o tempo de exibição. Só pra constar preferi esse filme à Avatar.


E bom é isso. O post era pra falar do meu novo projeto,  mas fica para uma outra vez...

Até mais ver
mr.poneis

Ps.: Domino gratias! (pelo que eu aprendi mais cedo é graças a Deus na língua de alguém...)

Ps2.: Resumo de Amélie Poulain até agora: Futsu

Ps3.: Mais de Sim Senhor: Wiki / Trailer
  • Facebook
  • Disqus
  • 3Blogger
comments powered by Disqus

3 Verdades

Virgulino disse... [responder]

Acabei de colocar pra baixar. E, a propósito, a "língua de alguém" que você citou é o latim, que atualmente pode ser chamado de "língua de ninguém", visto que ninguém a fala, a não ser uns milionários que moram no Vaticano.

Até mais ver..

Até mais ver disse... [responder]

Vamos aderir ao "Sim Senhor"??

Besos

mr.Poneis disse... [responder]

Ah, ainda tem muito até que eu possa fazer um review decente...

Então se escreve língua de nínguém e não língua de alguém...

Quanto a aderir ao projeto senhor até mais ver, eu acho que não...

Provavelmente a única coisa para a qual eu gostaria de me voluntariar no momento, é quando começarem a fazer testes em humanos com as novas tecnologias de teletransporte.

até mais ver
mr.poneis