Até mais ver: Junho 2015

quarta-feira, junho 24, 2015

Eu gosto de carne, de leite e de pão

Ainda com aquele papo de preencher os meses que andam faltando em 2015... um breve relato sobre...

Como foram inventados os mangás?

Os historiadores concordam que os quadrinhos nasceram no século XIX, junto com o auge do Jornalismo na Europa e na América. No entanto, alguns acreditam que as revistinhas japonesas nasceram bem antes, no século XI, quando surgiram as primeiras imagens de humor em pergaminhos.

Por volta de 1700, diferentes formas de imagem começaram a surgir até chegar aos ukiyo-e, gravuras que eram feitas em pranchas de madeira. Um dos mais famosos artistas de ukiyo-e da época, Katsuhika Hokusai, resolveu desenhar imagens em sucessão e encaderná-las. A esse livreto ele deu o nome de man (“involuntário”) e ga (desenho), que passou a significar “desenhos involuntários”. Depois disso, o termo mangá (como escrevemos em português) virou sinônimo de tudo que é relacionado a humor com imagem, como a palavra cartoon, em inglês. O criador do termo “mangá” foi Hokusai, mas o primeiro autor japonês, na verdade, foi Rakuten Kitazawa, que criou a primeira história em quadrinhos com personagens fixos.